TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Notícias Política

Sessão da Câmara Municipal de Tauá volta após período de suspensão devido o decreto estadual

A Câmara Municipal de Tauá voltou com suas sessões ordinárias, na tarde noite de ontem, segunda-feira (08), após duas semanas sem as reuniões parlamentares. Por conta da pandemia e obedecendo aos decretos Estadual e Municipal, as sessões acontecem a partir de agora de forma virtual, com o presidente Helder Castelo, comandando direto do plenário, ao lado de servidores da casa e os demais integrantes do legislativo direto de suas residências.

A sessão desta segunda-feira contou com uma pauta repleta de matérias, por conta do acumulado, com um grande número principalmente de indicações e moções. Dois projetos que estavam em tramitação e que foram para a ordem do dia, geraram polêmica e o debate tomou de conta de quase todo o período da sessão. O primeiro foi o projeto 04 de autoria da vereadora Polyana Lima, que regulamenta a prestação de assistência religiosa no âmbito de hospitais, clínicas, ambulatórios, lares de idosos, casas de recuperação e congêneres. A comissão de constituição e justiça considerou a matéria parcialmente inconstitucional. O vereador Marco Aurélio argumentou que o assunto é polêmico e matéria com o mesmo teor tramitou durante quase 30 anos no Congresso Nacional e no âmbito do Governo Federal e não foi regulamentada. 

A autora do projeto ainda pediu para retirar de pauta diante dos pedidos, mas voltou atrás e continuou a votação. O projeto foi rejeitado com 07 votos contra, 03 abstenções e 02 votos a favor. 

O segundo projeto também cercado de polêmica, foi o 08, de autoria da vereadora Polyana, que estabelece as Igrejas e os Templos, de qualquer culto, como atividade essencial em tempos de pandemia. O vereador Luis Tomaz foi o primeiro a solicitar a retirada do projeto, por entender que vai contribuir para gerar aglomerações, sendo acompanhado também pelo vereador Marco Aurélio. Depois de muito debate a matéria foi para votação e recebeu a aprovação com 06 votos a favor, 04 contra e 02 abstenções. 

Não houve ocupação da tribuna para pronunciamentos, por conta do tempo avançado. 

O Presidente Helder Castelo encerrou a sessão às 20h, para cumprir os decretos e 05 parlamentares que estavam inscritos, tiveram que adiar seus pronunciamentos. 
repórter Edy Fernandes

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar