Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
Secretaria de Saúde de Quixadá promove Dia D de vacinação contra a poliomielite neste sábado (8)
Secretaria de Saúde de Quixadá promove Dia D de vacinação contra a poliomielite neste sábado (8)
Quanto devo investir para viver de aluguel? Confira a fórmula!
Quanto devo investir para viver de aluguel? Confira a fórmula!
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Notícias Saúde

Médico faz desabafo de situação que vem vivenciado na luta contra o Coronavírus

O médico Gutemberg Mendes, que mora em Boa Viagem (CE), na região do sertão Central, e trabalha na linha de frente de combate ao coronavírus no Hospital do Sertão Central em Quixeramobim fez um desabafo nas redes sociais sobre como é atuar tentando salvar vidas durante a pandemia.

Gutemberg disse que é muito difícil ver familiares se despedindo dos pacientes pelo telefone, enquanto pensa que isso pode ser o último contato que eles podem dar um com o outro.

Veja trechos da postagem:

“Paciente internada conosco há alguns dias, sempre simpática e lutando contra o covid. Perdeu o marido semana passada, que também estava internado conosco. Nem pôde se despedir… Ontem o seu quadro piorou, estava muito cansada e ao ser comunicada que seria intubada, pediu ao médico: Não, doutor, por favor! Não faça isso! Eu sei que eu não voltarei.

Nesse momento, agradeci por estar de máscara e face shield. Assim, ninguém pode ver as lágrimas que escorriam.

Tive que sair, andar pelo corredor sem rumo, respirar e voltar.

Penso que uma das piores coisas, deve ser ter consciência que em breve você poderá morrer e não poderá estar mais com quem ama. Como tenho medo disso.

Retornei… O paciente ao lado chorava.

Ela pediu o celular pra ligar pra filha. Ligou no viva voz. Do outro lado, a filha em desespero, rezando, pedindo a Deus com toda força pela vida mãe. Mais uma vez não aguentei… Pode ter sido o último “encontro” dessa mãe com essa filha, sem um abraço, sem o conforto de estar com quem ama.

Demos a mão pra ela, rezei em silêncio, pedimos para confiar pq faríamos o melhor.

Mais tarde… o paciente da mesma enfermaria, internado também já alguns dias, agravou. Estávamos ao lado dele, fazendo tudo que podíamos para estabilizar sua pressão.

Ele ainda consciente, perguntou: Posso dormir? Estou com medo de dormir e não acordar.

Respondi: Pode relaxar, estaremos aqui cuidando de você.

Ele disse: eu sei que eu vou morrer essa noite! Realmente, ele sabia.

Aquele que chorou pela paciente ao lado, agora fechou o olho para não ver o da frente. E com certeza estava pedindo a Deus para que não fosse o próximo.

É inexplicável o que estamos vivendo. Jamais seremos os mesmos. Que vírus maldito!”

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar