PT de Ipu anuncia apoio à pré-candidatura de Milena Damasceno à prefeitura do município
PT de Ipu anuncia apoio à pré-candidatura de Milena Damasceno à prefeitura do município
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Tauá e Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Tauá e Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas
Cartões do Ceará Sem Fome serão entregues em Quixadá nesta sexta-feira (16)
Cartões do Ceará Sem Fome serão entregues em Quixadá nesta sexta-feira (16)
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas na rede
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas na rede
Carnaval Infantil vai animar a Praça da Estação em Quixadá
Carnaval Infantil vai animar a Praça da Estação em Quixadá
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Entretenimento Notícias

Grupo francês de jazz, Ensemble Nautilis, se apresenta em três cidades do Ceará

O trio do Rrêve Sélavy chega em solo cearense para tocar concertos de improvisações na capital, Fortaleza, e nas cidades de Quixadá e Quixeramobim.

Destaque na Europa, Ensemble Nautilis é um conjunto de oito músicos apaixonados por Jazz, que são da cidade de Brest, na França. Desses artistas, nascem vários projetos musicais como o Rrêve Sélavy, formado pelo baterista Nicolas Pointard, o contrabaixista Frédéric B.Briet e o clarinetista Christophe Rocher. O trio estima vinte anos de conhecimento, pesquisas, colaborações artísticas e espetáculos que atravessam fronteiras. Tudo em prol de uma única coisa: a música. Dos encontros dos franceses com músicos brasileiros nasceram mais dois projetos: Yermat e Abajur. E foi assim que surgiu a “Nautilis Brasil Tour” que já passou pelo Sudeste, Centro-Oeste e agora chega no Nordeste do Brasil. A primeira parada do Rrêve Sélavy é no dia 17, em Quixadá (CE) e no dia 18 em Quixeramobim (CE). No dia 20, Fortaleza (CE) vai apreciar a força e bom som do trio e também conhecer a mistura experimental que eles fazem junto com músicos brasileiros e a cantora e compositora, Juçara Marçal, no projeto chamado Abajur.

Juntos pelo propósito de criar um elo entre as pessoas para em melhor sintonia inventar a música em conjunto, e sobretudo, transformá-la em objeto social para depois se obter uma forma de magia como resultado. Os três músicos preservam em suas apresentações a liberdade de tocar com material sonoro e muitas vezes aventuram-se por terras ainda desconhecidas através de improvisações deslumbrantes e vibrantes, através de composições que traduzem o prazer de tocar jazz atualmente. Já passaram por toda França, alguns países da Europa, Estados Unidos e Canadá.

“Nosso grupo chegou ao Brasil com um espírito de encontro. Passamos 20 anos construindo nossa música em torno da improvisação e de nossas experiências de vida com jazz, música contemporânea e música experimental. Esta turnê brasileira é uma oportunidade única de conhecer o público brasileiro, que tem ouvidos diferentes, e os músicos de Brasília e São Paulo, que estão tão profundamente enraizados na alma deste país.” conta Christophe Rocher.

Já o Abajur é um ponto de convergência tão estranho quanto absurdo, uma loucura experimental onde a música brasileira do Nordeste, o underground rock paulistano, a música minimalista, improvisada e o jazz se encontram, acasalam e se chocam. Como a luz canalizada e dirigida por um frágil cone de tecido, a música totalmente livre e improvisada que emerge para uma faixa intuitiva que sublima seu objeto, e às vezes até o deslumbra.

A música do grupo revela a riqueza e a variedade das influências artísticas e culturais de seus membros – quatro músicos brasileiros, sendo eles, Maurício Takara, Lello Bezerra, Clara Bastos e Juçara Marçal com os ingleses – cuja fertilização cruzada resulta em um repertório de música original no qual a letra e a voz de Juçara se fundem com cordas, ventos e percussão em um universo cilíndrico, abafado e luminoso. No ano passado, o grupo chegou a tocar no lendário Festival SESC Jazz, em São Paulo. E agora, retorna ao estado para tocar em Jundiaí, e ainda, aproveitar a estadia para gravar um álbum.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar