PT de Ipu anuncia apoio à pré-candidatura de Milena Damasceno à prefeitura do município
PT de Ipu anuncia apoio à pré-candidatura de Milena Damasceno à prefeitura do município
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Tauá e Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Tauá e Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas
Cartões do Ceará Sem Fome serão entregues em Quixadá nesta sexta-feira (16)
Cartões do Ceará Sem Fome serão entregues em Quixadá nesta sexta-feira (16)
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas na rede
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas na rede
Carnaval Infantil vai animar a Praça da Estação em Quixadá
Carnaval Infantil vai animar a Praça da Estação em Quixadá
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Notícias

Eunício pede apoio de Ministério contra praga que atinge cajucultura

‘Oídio’ já destruiu 30% da produção de caju no Ceará, causando preocupação e efeitos na geração de emprego

Em defesa da cajucultura, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) participou de audiência com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, e pediu apoio da pasta no combate a doença “Oídio”, praga que está causando perdas na produção de caju no Nordeste, causada pelo fungo Oidim anacardii.  

Acompanhado do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Ceará (FAEC), Flávio Viriato de Saboya, Eunício solicitou ao ministro o encaminhamento do parecer à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), que permite aos produtores de caju utilizarem, em caráter de urgência, produtos comerciais a base de enxofre e de triflumizole, os quais tiveram eficiência comprovada pela Embrapa. De acordo com Flávio Viriato, o Governo do Estado do Ceará já disponibilizou os atomizadores para realizar a vaporização nas produções, mas é necessário aguardar a autorização da Anvisa. “Precisamos dessa autorização para manter ou até aumentar nossa produção de caju, garantindo a qualidade do produto que é consumido aqui, mas principalmente, no exterior, já que somos o maior exportador do produto”, disse.

Ao falar sobre o problema, Eunício manifestou preocupação com a rápida proliferação do fungo. Ele disse que é preciso agir com rapidez para que não aconteça o fim da produção como aconteceu com o cultivo do algodão no Ceará. “É fundamental que o ministério se mobilize agora para que não aconteça com o caju, o mesmo que aconteceu com a proliferação do bicudo, quando destruiu o nosso algodão”, argumentou ao pedir o apoio do ministro. Eunício ainda observou que são milhares de famílias que dependem diretamente do cultivo do caju. “Não podemos deixar que milhares de empregos sejam perdidos, e nossa economia sofra perdas por não agirmos rápido”, afirmou.

Prontamente, Mendes Ribeiro Filho confirmou seu apoio e assinou encaminhamento à Anvisa dando parecer favorável a aplicação dos produtos . Ele defendeu a atividade ao colocar o ministério a disposição. “Vamos agilizar e combater esse problema. O ministério apoia a cajucultura e sua expansão”, afirmou.  De acordo com informações da FAEC, 30% da produção de caju, no Ceará, já foi destruída devido a proliferação do fungo. Atualmente, em todo o Estado, existem cerca de 60 mil produtores de caju. O setor gera em torno de 150 mil empregos no campo e 20 mil empregos na indústria e serviços. A Região Nordeste dispõe de mais de 659 mil hectares cultivados com o caju, sendo o Ceará o maior produtor, com aproximadamente 55% da safra.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar