TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Notícias

Estamos a um ano das eleições, vote consciente

O voto obrigatório brasileiro foi instituído com o Código Eleitoral de 1932 e mantido na Constituição de 1988, no artigo 14 do capítulo 4 – Direitos Políticos. Apesar da força do voto, poucos eleitores lembram em quem votaram nas eleições de 2010, quanto mais na de 2008. Dos que sabem, raros acompanham o mandato de seus representantes.

Certa pesquisa do Datafolha apontou que quase 1/3 dos eleitores esquecem o nome dos candidatos nos quais votaram. O levantamento mostra que a maioria dos esquecidos são do grupo que não tem preferência partidária. Os números refletem a falta de interesse do eleitor em anotar em um papel em quem votou e depois cobrar ou acompanhar.

O problema para esse esquecimento do voto é crônico e comum, porém tem um motivo: o excesso de candidatos. O eleitor que escolher o candidato derrotado não deve baixar a guarda. Ele contribuiu para a eleição dos vencedores do partido do candidato ou da legenda que escolheu. O ideal é cobrar os parlamentares e governantes do partido de sua preferência.

Todos têm direito de comparecer na Câmara e acompanhar o trabalho de um ou mais políticos daquele partido. É nosso dever cívico fiscalizar. O voto válido nunca é perdido.

A banalização do voto é cultural. A obrigatoriedade leva o eleitor a menosprezar esse instrumento. Muitos vão à urna porque podem ser punidos, e não por vontade própria, para melhorar o município.

Cobro aqui, que a disciplina Organização Social e Política Brasileira do quadro das escolas anos atrás deveria de voltar ser praticada por nossos professores. Os políticos de hoje a eles não interessa despertar a consciência política, assim os querem, para que nossos jovens não possam reviver sua pátria, sua terra e qualificar melhores escolhas, querem o continuísmo dos mesmos no poder, sem ideologia e desenvolvimento ao bem da coletividade.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar