ANVISA confirma suspensão dos testes da vacina contra o coronavírus de Oxford

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) confirma que a decisão do laboratório AstraZeneca de suspender os testes em humanos da vacina de Oxford contra o coronavírus foi comunicada oficialmente aos países integrantes do consórcio que financia a iniciativa.

“A decisão de interromper os estudos foi do laboratório, que comunicou os países participantes. A Anvisa já recebeu a mensagem e vai aguardar o envio de mais informações para se pronunciar oficialmente”, diz a Anvisa em nota.

Segundo a AstraZeneca, houve reações adversas em um dos pacientes no Reino Unido. O imunizante, que estava na fase final da pesquisa, é desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford, na Inglaterra.

O governo do Brasil já havia encomendado 100,4 milhões de doses da vacina e negociado a transferência de tecnologia para produção nacional, que será conduzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

A interrupção dos testes ocorre no mesmo dia em que o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou a distribuição em massa dessa mesma vacina para janeiro.

A promessa foi feita durante reunião ministerial nesta terça-feira (8), em resposta a uma menina de 10 anos que mantém um canal no Youtube e participava de uma parte do encontro.

Fonte: BAND NEWS

Últimas Notícias