TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Cidades Notícias

Restaurantes Sesc são alternativa saudável e econômica ante inflação dos alimentos

Nos dias corridos em que o mundo do trabalho se insere, com os indivíduos tendo de se desdobrar ainda em inúmeros papéis sociais e na boa gestão do tempo, os alimentos ultraprocessados acabam sendo a opção mais prática para muitos consumidores nas refeições. Especialmente com a inflação dos alimentos. Porém, o exagero no consumo destes itens pode ser bastante prejudicial à saúde. Diante desse quadro, a proposta dos restaurantes do Serviço Social do Comércio (Sesc) acaba preenchendo as duas lacunas, tanto a nutricional como a financeira. 

Esses estabelecimentos, que com atendimento aberto ao público já somam sete unidades – seis em Fortaleza e Região Metropolitana e uma no Interior – no Estado, têm a proposta de servir à população refeições a um preço acessível e de qualidade nutricional reconhecida. Uma alternativa, portanto, interessante para quem não pode almoçar em casa. Especialmente com a piora da qualidade na alimentação do brasileiro sendo atestada nos últimos anos, conforme apontam alguns levantamentos. 

Recentemente, essa tendência foi exposta por pesquisa realizada pela consultoria Kantar, que buscou observar minuciosamente o consumo fora de casa de alimentos e bebidas em sete regiões metropolitanas do Brasil, entre elas Fortaleza. De acordo com o levantamento, durante o ano de 2022, os habitantes dessas grandes áreas urbanas  consumiram 170 milhões de salgados prontos a mais (coxinha, pão de queijo e pastel, entre outros), na comparação com 2019, ano que antecedeu a pandemia de Covid-19. O consumo do tradicional prato com arroz, feijão, carne e salada, por sua vez, foi reduzido em 247 milhões de unidades vendidas.

Em termos de economia – de tempo e de dinheiro – a atitude pode até ser benéfica por um tempo. O problema, porém, conforme expõe a nutricionista da unidade Sesc Fortaleza, Ingryd Fernandes, pode estar nas repercussões negativas dessa opção a médio e longo prazo, com inúmeras consequências para a saúde. Entre esses possíveis males, há uma longa lista que vai de um maior acometimento de doenças crônicas não transmissíveis (como diabetes, hipertensão, dislipidemia e câncer), a um favorecimento do acúmulo de gordura com desenvolvimento da obesidade, passando por prejuízo do mecanismo de fome e saciedade, desenvolvimento de alergias e intolerâncias alimentares, deficiências nutricionais, desregulação hormonal, disbiose intestinal até o desenvolvimento de doenças imunológicas, dentre outros.

Qualidade das refeições

Mas diante de tantos impeditivos, como a ausência de tempo e de recursos financeiros, a demanda por estabelecimentos que conciliem praticidade, qualidade e economia ganha mais e mais importância. “Os restaurantes Sesc conseguem preencher essa lacuna, tendo em vista o custo benefício, pois o preço é bem acessível pelo que é ofertado. Esses locais dispõem de profissionais nutricionistas que planejam e executam cardápios variados que prezam pela qualidade, quantidade, harmonia e adequação de todas as suas refeições. Logo, pessoas com menor poder aquisitivo conseguem ter acesso a uma comida saudável e saborosa, sem prejuízo no orçamento final”, argumenta a nutróloga.

A ideia é contar com preparações variadas de opções proteicas, saladas contendo vegetais orgânicos, frutas, acompanhamentos com inclusão de cereais integrais e guarnições, além da cortesia de suco e sobremesa (fruta e doce). Tudo elaborado e acompanhado por nutricionistas e manipulados com rigorosas normas de higiene por profissionais qualificados para sua saúde.

Dicas de economia

Quando houver a possibilidade de realizar as refeições em casa, essas são algumas das estratégias sugeridas pela nutricionista Ingryd Fernandes: 

. Preferir frutas, legumes e hortaliças da estação; 

. Comprar em feiras e agricultores locais; 

. Pesquisar por dias promocionais em mercantis por grupo alimentar; 

. Investir em proteínas mais baratas; 

. Comprar no atacado ou a granel; 

. Planejar as compras; 

. Preparar as refeições para a semana; 

. Ter uma horta em casa quando possível 

Serviço:
Restaurantes Sesc
Unidades no Estado:

Cambeba – Av. Afonso Albuquerque Lima, 769, Cambeba (dentro do Centro de Convivência do Servidor Público), Fortaleza. 

Caucaia. Av. Dom Almeida Lustosa, 550, Parque Albano, Caucaia-CE

Centro – Rua 24 de maio, 629, Centro, Fortaleza

Sesc Fortaleza – Rua Clarindo de Queiroz, 1740, Centro, Fortaleza

Sesc João Cordeiro – Rua João Cordeiro, 933, Aldeota, Fortaleza

Sesc Panorama – Rua Senador Jaguaribe, 324 – Centro, Fortaleza

Sesc Itapipoca – Rua Antônio Gaspar, Sanharão, Itapipoca

Mais informações: https://www.sesc-ce.com.br/servicos/restaurantes-e-lanchonetes/

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar