TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Educação Notícias

EJA na Rede Sesc: Ventos da emancipação

Energia limpa. Bons ventos. Renovação. Palavras como essas passaram a carregar um sentido mais amplo e abrir uma conexão diferente, nos últimos tempos, para Ivan Fernandes. Aos 42 anos, ele experimenta um triunfo grandioso em uma vida repleta de altos e baixos. Isto graças ao encontro com uma nova chance através da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Rede de Ensino Sesc Ceará. Momento para finalmente se posicionar “a favor do vento” e cruzar adversidades, realizando o sonho de ingressar na universidade ao tornar-se aluno de graduação do curso de Energias Renováveis.

Ivan conta que concluiu o Ensino Fundamental em 1999. Atrapalhado por diversos problemas de ordem pessoal, foi somente pelos idos de 2018 que passou a investir suas possibilidades em um curso que o permitia retomar os estudos após longa ausência dos bancos de sala de aula. Nesse período, passou por vários estados do país (sete, segundo sua contabilidade) e experimentou a dor da autodepreciação e da desesperança inúmeras vezes.

No vai e vem em mar revolto, e sempre incentivado pela insistência da mãe, ele saboreou a esperança de um novo emprego, em uma concessionária de automóveis, enquanto tentava se engajar em trabalho voluntário numa comunidade terapêutica, no município de São Gonçalo do Amarante. Demitido, foi ao fundo do poço novamente em meados do ano passado.

Com muito esforço, porém, Ivan Fernandes concluiu o Ensino Médio pela EJA do Sesc Ler de São Gonçalo do Amarante. Era chegada a hora de concretizar um antigo desejo: a vitória no vestibular, que veio com um impactante 2º lugar no curso de Energias Renováveis da Universidade de Fortaleza (Unifor).

“Passava em frente à Unifor, onde já tinha alguns primos estudando, e pensava: ‘quando vou entrar aí?’ No dia que cheguei (ao campus da instituição de ensino) para trazer meus documentos, a sensação foi de dever cumprido, muita emoção, especialmente para quem veio da periferia. Depois de tudo que passei para chegar aqui, me sinto muito bem”, relata ele.

Fernandes ressalta que o direcionamento dado por docentes, gestores e coordenadores foi fundamental para uma retomada, tanto nos estudos como de um rumo na vida. “A metodologia foi fácil de se adaptar. O acompanhamento dos professores foi importante, sempre procurando se aproximar, entender a dificuldade, especialmente por sermos pessoas já experientes, que muitas vezes conciliavam o estudo no período da noite com o trabalho”, conta ele, que afirma ter se sentido “abraçado” pela iniciativa.

Educação com cidadania

Para Wládia Medeiros, consultora de Programação Social na Gerência de Educação do Sesc Ceará, o diferencial da modalidade de ensino EJA no Sesc, dentro do contexto da Educação Básica, concentra-se em incentivar o aluno a exercer sua cidadania por meio de “práticas emancipadoras”.

“A gente sabe que esse indivíduo que vem para o EJA passou um longo período sem estudar. E aí ele retorna à sala de aula cheio de estigmas, desacreditado do seu potencial. Cabe ao professor fazer um resgate dessa valorização, mostrar que ele pode, que é capaz. E a gente trabalha muito esse protagonismo do aluno por meio de sua autonomia em sala de aula”, explica ela.

Dentro desse conceito, acrescenta a consultora, há a promoção de uma transformação social. “É um curso de qualificação técnica. Por meio das ações integradas que o Sesc promove, com educação, cultura, saúde e lazer, a gente faz com que o aluno consiga se perceber nesse universo e avance, como o Ivan, que conseguiu realizar seu sonho de cursar o Ensino Superior”, finaliza. Conheça a história completa Aqui: https://www.youtube.com/watch?v=QXL_f6ZgC_A

Matrículas Com vagas abertas desde o Ensino Fundamental – a partir de 15 anos – ao Ensino Médio – para os que têm mais de 18 anos -, a EJA é uma oportunidade única e gratuita para jovens, adultos e idosos que desejam iniciar uma vida escolar ou ainda voltar a estudar, ampliando a escolaridade e adquirindo novos conhecimentos.

Nas turmas de EJA para o Ensino Médio, são ofertados cursos em parceria com o Senac, potencializando a educação para o mundo do trabalho e dando mais significado à aprendizagem desses sujeitos que buscam ascensão social e credenciais escolares. Atualmente, a oferta se dá por meio dos Centros Educacionais Sesc Ler, em unidades escolares nos municípios Aracati, Crateús, Ibiapina, Quixeramobim e São Gonçalo do Amarante. Já as unidades Educar Sesc disponibilizam a modalidade de ensino em Fortaleza, Iguatu e Sobral.

As inscrições estão abertas e as aulas ocorrem sempre no turno da noite, das 18h às 21h30, com direito ainda a lanche e material escolar. Para efetuar as matrículas, os interessados devem se dirigir às unidades ofertantes Educar Sesc e Sesc Ler nas respectivas cidades, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, portando a seguinte documentação: cópias de RG e CPF, comprovante de endereço atualizado, foto 3×4 e comprovante escolar.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar