TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
TETO passará a atuar no Ceará se for premiada pela Fundação Banco do Brasil
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Justiça condena ex-prefeita de Boa Viagem a mais de 4 anos de detenção por ultrapassar os limites de gastos com folha de pagamento
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Município de Icó fica entre as 30 cidades com possibilidade de consumo bilionário em 2024
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Canindé fortalece parceria com Zoológico São Francisco para ampliar Rede de Proteção Animal
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
Prefeitura de Quixadá inicia pavimentação da Rua Basílio Emiliano Pinto, na tarde desta segunda (10)
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Notícias

Deputado Audic Mota encara ação do Governo Federal para derrubada da autonomia dos Defensores Públicos como retrocesso

O Deputado Audic Mota (PMDB) usou a tribuna esta terça-feira (14) para criticar a ação da Presidenta Dilma Rousseff que visa derrubar a autonomia funcional e administrativa das Defensorias Públicas da União com objetivo de impedir que o órgão possa elaborar seu próprio orçamento e dispor sobre a organização de seus servidores. A ação foi enviada na última sexta-feira (10) ao Superior Tribunal Federal (STF) pelo Governo Federal.

As Defensorias Públicas prestam assistência jurídica gratuita a pessoas de baixa renda,garantindo o direito à justiça por todo cidadão. Em discurso o deputado citou a ação como uma clara tentativa de prejudicar o acesso a justiça tão ‘vendido’ e tão falado pelo Governo Dilma. E ainda parafraseou o presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEF), o cearense, Dinarte da Páscoa Freitas: “Essa ação é a maior afronta que é o acesso a justiça dos mais necessitados. Quem realmente vai sofrer com essa atitude é a população mais carente que depende do atendimento gratuito da Defensoria.”

Para o líder do PMDB e também advogado, o Governo Federal tenta tolher a autonomia da classe e assim impedir que mais defensores ingressem na classe por concursos públicos e impedir a isonomia perante outras categorias do sistema judiciário.

A Defensoria Pública da União foi criada em 1985 e era subordinada ao Ministério da Justiça até 2013, ano em que uma emenda constitucional estendeu ao órgão a autonomia que já era dada às defensorias estaduais, aumentando verbas para a instituição proporcionando ampliação dos seus serviços.

A proposta que deu autonomia à DPU não poderia ter sido apresentada por um parlamentar, de acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU), órgão que representa o Governo Federal e sim pela Presidência da República.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar