PT de Ipu anuncia apoio à pré-candidatura de Milena Damasceno à prefeitura do município
PT de Ipu anuncia apoio à pré-candidatura de Milena Damasceno à prefeitura do município
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Tauá e Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Tauá e Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas
Cartões do Ceará Sem Fome serão entregues em Quixadá nesta sexta-feira (16)
Cartões do Ceará Sem Fome serão entregues em Quixadá nesta sexta-feira (16)
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas na rede
Ministério Público fiscalizará prestação do serviço de energia em Arneiroz e dá prazo para Enel explicar problemas na rede
Carnaval Infantil vai animar a Praça da Estação em Quixadá
Carnaval Infantil vai animar a Praça da Estação em Quixadá
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
João Gomes abre hoje (05) a programação do Festival Quixadá Junino na Praça José de Barros
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Vereadores de Camocim participam da 12ª Conferência Municipal de Assistência Social
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
Com Dorgival Dantas, Taty Girl e Waldonys, Quermesse Itajunina promete animar Itapipoca 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
UVC participa do I Seminário Formativo das Procuradorias da Mulher do Ceará 
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
Prefeitura de Pedra Branca entrega certificados do Programa Primeiro Passo e realiza aula inaugural de mais 3 cursos
previous arrow
next arrow
Notícias Política

Cômite Estadual da II Conferência da Caatinga é lançado na Assembleia

A solenidade de lançamento do Cômite Estadual da II Conferência da Caatinga – Desenvolvimento Humano com Sustentabilidade no Semiárido foi realizada na noite desta segunda-feira (16/11), no Plenário 13 de Maio da Assembleia Legislativa. Ele é formado pela Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Estado do Ceará (SDA) e o Instituto Nordeste XXI, responsáveis pela organização e mobilização da ll Conferência da Caatinga. No evento, também foi lançado o livro “O Mundo da Caatinga”.

De acordo com o deputado Odilon Aguiar (Pros), autor do requerimento, a caatinga é o mais fragilizado dos biomas brasileiros. O parlamentar informou que cerca de 70% da caatinga já se encontra alterada pelo homem e somente 0,28% de sua área encontra-se protegida em unidades de conservação. No Ceará, a caatinga perdeu 45% da área original. “Vamos nos motivar e fomentar a consciência de que a convivência com o semiárido é essencial para o nosso desenvolvimento e, sobretudo, para as futuras gerações”, afirmou.

O secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Dedé Teixeira, disse que o livro “O Mundo da Caatinga” é o melhor acervo sobre caatinga do País. “Queremos fazer desse livro um grande instrumento de formação, que ele possa chegar a todas as instituições, tanto nacionais como internacionais, para que ele possa iniciar a discussão da importância do desenvolvimento sustentável do semiárido”, destacou.

Para o secretário do Meio Ambiente do Estado (Sema), Artur Bruno, o livro também deve ser utilizado como instrumento de mobilização da bancada Nordestina no Congresso Nacional para aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 115/95, que inclui a caatinga e o cerrado como patrimônio nacional. “Esse livro será um grande instrumento, não apenas de educação ambiental, de geografia, de história, de conhecimentos sobre a caatinga, mas será um instrumento político”, defendeu.

Segundo Francisco Bezerra, presidente do Instituto Nordeste 21 e coordenador geral da II Conferência da Caatinga, o livro traz um documento importante que é o relato inédito da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, realizada em 2012, no Rio de Janeiro, e informações sobre a primeira Conferência da Caatinga. “O livro ajuda a desconstruir a imagem da caatinga, que está associada a miséria, a pobreza e a devastação”, ressaltou.

A professora Dolores Feitosa, presidente da Fundação Bernardo Feitosa, alertou sobre a importância da água para a o semiárido e disse que este deveria ser o tema principal da próxima conferência. Para ela, é necessário a mobilização de todos para haja uma conscientização sobre o valor da água. “A água é vida, é o sangue da terra”, afirmou.

A II Conferência da Caatinga – Desenvolvimento Humano com Sustentabilidade no Semiárido está agenda para maio de 2016, em Fortaleza. O encontro tem o objetivo de avaliar os resultados da I Conferência, com destaque para a Declaração da Caatinga, além de cumprir a pauta construída pelos organizadores e parceiros ao longo dos últimos anos.

Também participaram da solenidade o superintende da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Leonildo Peixoto Farias; o professor da Osmar de Sá Ponte, da Universidade Federal do Ceará(UFC); professor Benedito Vasconcelos Mendes, da Universidade Federal do Semiárido (Ufersa); professor e historiador Juarez Leitão; além de professores da Universidade de Fortaleza (Unifor), representantes da Empresa de Assistência Técnica de Extensão Rural do Ceará (Ematerce) e do Servido Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas(Sebrae/Ce).

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

você pode gostar