CECITEC completa 25 anos em Tauá

O Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns (CECITEC), integrante da Universidade Estadual do Ceará (UECE), foi fundado em 1995 durante a gestão do reitor Paulo de Melo Jorge Filho (Paulo Petrola), no âmbito da política de expansão da interiorização universitária.

Para tanto, houve um conjunto de atividades preliminares, que se revelaram relevantes e/ou necessárias para efetivação da implantação do Campus: a realização do seminário “Os Inhamuns no desenvolvimento do Ceará”, em novembro de 1993; a obtenção de sede própria, em Tauá, em abril de 1994; o lançamento oficial do Centro, em setembro de 1994; a criação dos cursos de Ciências e Pedagogia, pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, em outubro de 1994 (Resolução nº 743); a realização de curso pré-vestibular, de outubro a dezembro de 1994; a realização de concurso vestibular, em janeiro de 1995, com a aprovação de 89 alunos entre os 277 inscritos; a realização de concurso de provas e títulos para professores, em março de 1995.

No processo de criação do CECITEC, a Administração Superior da UECE conseguiu significativas adesões de autoridades, dentre elas o então líder do Governo estadual, o ex-deputado, natural de Tauá, Júlio Gonçalves Rêgo, bem como engajou a comunidade local nos trabalhos principiantes. Com esse espirito participativo foi criado um grupo de apoio, composto por educadores e gestores ligados às prefeituras municipais e à secretaria de Educação do Estado, além de representantes de órgãos não governamentais e de voluntários, sob a coordenação da senhora Maria Dolores de Andrade Feitosa.

Com base em evidências documentais e testemunhais, pode-se inferir que um conjunto de fatores foi determinante para que as licenciaturas de Ciências e Pedagogia fossem selecionadas como os primeiros cursos do CECITEC, tais como: a demanda real por profissionais com formação superior para atuarem na educação básica da microrregião; a tradição da UECE com os cursos de formação de professores em suas unidades interioranas; e a existência dos dois cursos em outros campi da UECE.

O início das atividades acadêmicas concretizou-se em 19 de junho de 1995. Esta data, resultante de um processo, ao mesmo tempo, participativo, complexo e exitoso, representou um marco histórico para o Sertão dos Inhamuns, repercutindo na imprensa local e estadual.  As aulas dos alunos das duas turmas de Pedagogia e das turmas de Ciências iniciaram com a lotação momentânea dos professores Hipólito Peixoto de Oliveira (do CCT) e José Nascimento Soares Braga (do CH).  

Para que respondesse pela direção, foi nomeado o professor João Álcimo Viana Lima, que havia sido aprovado no primeiro concurso para docente do Centro foi nomeado ser contratado, em 16 de maio de 1995. Posteriormente, em 20 de julho, foram contratados os demais classificados no concurso. A primeira turma de docentes do CECITEC ficou assim constituída: Antônia Fádia Valentim de Amorim, Antônio Charles Silvério, Célia Maria Furtado Magalhães (in memoriam), Deusdedit Monteiro Medeiros, Francisco Assis do Nascimento (in memoriam), Geandra Cláudia Silva Santos, Isaías Batista de Lima, João Álcimo Viana Lima, João Batista de Albuquerque Figueiredo, Marbênia Gonçalves Almeida Bastos, Maria Ivanda Alves de Paula, Maria Ivanete de Sousa, Mônica Petralanda de Holanda e Vânia Alexandrino Leitão.

O primeiro corpo técnico-administrativo do CECITEC foi composto por Ana Maria Bezerra Gomes Lopes, Antônia Dolide Carvalho Jataí, Carlos Antônio Soares Mota, Júlia Ribeiro Feitosa Lima (secretária) e Maria Luísa Uchoa Castelo.

Em 26 de fevereiro de 1999 foi realizada a primeira solenidade de colação de grau do CECITEC, com a quantidade de 50 concludentes, o que representa 57,47% dos que haviam se matriculado quatro anos atrás. Ao todo, ao longo de sua história, o CECITEC contabilizava um quantitativo de 801 graduados e 71 pós-graduados na modalidade de especialização (Psicomotricidade, Gestão Escolar e Educação Especial). A quantidade de egressos da graduação está assim distribuída por cursos: Pedagogia (429), Ciências – extinto (142), Ciências Biológicas (141) e Química (89). Quanto à pós-graduação, são 27 egressos de Psicomotricidade, 22 de Gestão Escolar e 22 de Educação Especial.

Em seus 25 anos, o CECITEC teve os seguintes diretores: João Álcimo Viana Lima (31/07/1995 – 31/07/1999); Marbênia Gonçalves Almeida Bastos; (01/08/1999 – 31/10/2003); João Álcimo Viana Lima; (01/11/2003 21/05/2004); Francisco Assis do Nascimento (22/05/2004 – 30/05/2008); Antônio Charles Silvério (02/06/2008 – 05/09/2012); Geandra Cláudia Silva Santos (06/09/2012 – 30/09/2012); João Batista Araújo da Silva Júnior (01/10/2012 – 30/09/2016); Isaías Batista de Lima (a partir de 01/10/2016).

O CECITEC, a partir de sua turma pioneira, consolidou sua atuação na formação de professores, com oferta continuada e com repercussão constatada nas redes de ensino de sua área de abrangência (o Sertão dos Inhamuns). No entanto, há outras inserções e contribuições do CECITEC, que se coadunam com os valores históricos/universais e a missão regional da Universidade, por meio de suas atividades de ensino, pesquisa e extensão, no campo administrativo e na colaboração técnica exercida em suas parcerias com outras instituições públicas e órgãos não governamentais.

Por João Álcimo

Últimas Notícias

PARAMBU: Marcos Torquato anuncia...

O advogado Marcos Torquato,...


Médico faz desabafo de situação que...

O médico Gutemberg Mendes,...