TAUÁ: Comissão Processante encaminha denúncia contra o prefeito para julgamento no plenário da Câmara

A Comissão Processante instalada pela Câmara Municipal de Tauá para apurar denúncia por infração político-administrativa cometida pelo prefeito Carlos Windson, encerrou os trabalhos na tarde desta quarta-feira, 05, com a aprovação do relatório final, favorável ao recebimento da acusação.

Instalada no dia 14 de junho, a comissão cumpriu o rito da investigação seguindo as normas estabelecidas pelo Decreto-lei Nº 201/67.

A confecção e leitura do relatório coube ao vereador Valdemar Jr., que fez uma espécie de retrospectiva sobre cada etapa do trabalho da comissão.

O documento contendo 61 páginas detalhou cada uma das denúncias apresentadas contra o gestor municipal, julgando procedentes, o descumprimento do orçamento do município referente ao teto de gastos com pessoal, que ultrapassou os 67%, dispensa de licitação para contratação de transporte escolar, não prestação do serviço de transporte de alunos e negligência na defesa dos bens do município.

Votação

Após a leitura do relatório, o presidente da Comissão, Alaor Mota, pediu que o vereador Valdemar Jr emitisse seu voto. O parlamentar votou a favor do recebimento da denúncia e seu encaminhamento logo após a sessão, para a Mesa Diretora da Câmara Municipal, pedindo a marcação da data da sessão de julgamento do processo. O membro da comissão vereador Chico Neto acompanhou o voto do relator.

Diferente do posicionamento adotado em outras votações ocorridas durante a instrução do processo, quando preferiu não emitir seu voto, dessa vez, o presidente Alaor Mota, decidiu se manifestar votando pela improcedência da denúncia, mas foi voto vencido(2×1).

Discussão

Nos últimos momentos da reunião, houve um pequeno desentendimento entre o presidente e o relator da comissão, porque o vereador Alaor Mota anunciou que a documentação seria encaminhada a Mesa Diretora da Câmara nesta quinta-feira, 06, mas o vereador Valdemar Jr. argumentou que a maioria dos membros da comissão havia aprovado que a denúncia fosse encaminhada ainda hoje(05/09). Como o presidente não cumpriu com o desejo da maioria dos membros, o relator pediu que o ocorrido fosse registrado em ata.

Após receber a denúncia, a Mesa da Câmara marcará a data da sessão de julgamento do prefeito Carlos Windson, que deverá acontecer na próxima semana.

fonte: Blog do Wilrismar 

Últimas Notícias

Domingos Filho reúne base política em...

Saindo um pouco do que de...


Eleitos os melhores prefeitos do Ceará...

Escolhidos há pouco, em...


Governo do Estado anula Eleição da...

A eleição para escolha da...


SINDGUARDAS e Guarda Municipal de Boa...

Ontem segunda-feira, 11, o...