Fortaleza empata aos 47 e se sagra Campeão Cearense de 2015

Tricolor do Pici tira grito entalado de seu torcedor e conquista o seu 40° título cearense.

Fortaleza campeão cearense (foto – Kid Júnior)

Talvez nem o mais mirabolante roteirista de cinema poderia imaginar o que aconteceu na tarde deste domingo, 3, no Castelão. Após sofrer a virada aos 45, com gol de Assisinho, seu primeiro em clássicos, o Fortaleza buscou forças e empatou aos 47, com Cassiano, para ser Campeão Cearense de 2015.

Como toda final, a partida começou nervosa. Muitas faltas e cartões amarelos. Logo no começo, Lúcio Maranhão perdeu umas das chances mais claras da partida. Na pequena área, o atacante parou em Luis Carlos. Pouco tempo depois, Magno Alves perdeu boa chance, após ótima jogada de Ricardinho. Marinho assustou duas vezes a defesa tricolor, dando esperanças para os alvinegros, que precisavam de um gol. Logo em seguida, Daniel Sobralense, de maneira espetacular, chapelou João Marcos e marcou um golaço no Castelão. Festa Tricolor. O Ceará sentiu, e o primeiro tempo se arrastou até o fim, para aplausos dos leoninos.

A conversa de Silas Pereira pareceu surtir efeito e o Ceará voltou melhor na segunda etapa. Como o esperado, os 15 primeiros minutos foram de pressão alvinegra. Entretanto, sem muita objetividade. Conforme o tempo passava, estava tudo se desenhando para o título tricolor com a vitória por 1 a 0. E isso se intensificou aos 18 minutos, quando Uillian Correia recebeu segundo amarelo e acabou expulso.

Aos 37, veio uma pontinha de esperança para os torcedores do Vovô. Ricardinho arriscou de longe e Deola aceitou. Era o empate, que seria suficiente. Com o gol, o Ceará foi para cima com tudo. Aos 45, o que parecia ser impossível aconteceu. Com um jogador a menos, o Alvinegro virou a partida com gol de Assisinho. Péricles Bassols apontou 5 minutos de acréscimo, o que deu ânimo para os tricolores. E de forma épica, o Leão conseguiu empatar. Tinga recebeu lançamento e, com a cabeça, cruzou para Cassiano que fuzilou Luis Carlos. Festa inimaginável no lado Tricolor do Castelão. O Fortaleza seria Campeão Cearense. Depois disso, o Ceará não teve mais forças e foi só esperar o apito final para a o torcedor do Leão soltar o grito entalado de campeão.

Últimas Notícias

Prefeita de Canindé autoriza reforma...

Após encontro da prefeita...


Requerimentos de Aderlânia Noronha...

Foram aprovados, na sessão...


Município de Novo Oriente realizou a...

Com o tema “Democracia...