Ministro da Saúde assegura 354 milhões de doses da vacina contra o coronavírus e que vacinação terá início ainda em janeiro

Em meio a críticas pelo atraso para adquirir insumos e equipamentos, o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou na noite de ontem, quarta-feira (6), em pronunciamento em rede nacional de rádio e TV, que o Brasil está preparado e tem seringas suficientes para iniciar a vacinação contra a Covid-19 ainda em janeiro de forma simultânea em todo o País.

O ministro ainda destacou que o Brasil tem asseguradas, para este ano, 354 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. Do total, 254 milhões serão produzidas pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), em parceria com a AstraZenica, e 100 milhões pelo Butantan, em parceria com a empresa Sinovac.

“Asseguro que todos os Estados e municípios receberão a vacina de forma simultânea, igualitária e proporcional à sua população”, destacou o ministro ao reafirmar que a vacina será gratuita e não obrigatória.

Últimas Notícias

Mulher perde quase R$6 mil em golpe...

Uma idosa de 69 anos foi...


Governo do Ceará orienta municípios...

O Governo do Ceará, por...


Governador sanciona lei que apoia...

A lei que institui o...