Deputada estadual Patrícia Aguiar rebate acusações sobre obras em Tauá

A deputada Patrícia Aguiar (PSD) esclareceu, durante o primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta sexta-feira (06), argumentos levantados na tribuna da Casa sobre verbas para a construção de estradas estruturantes na zona rural do município de Tauá.

Em pronunciamento, a deputada, apresentando documentos, ressaltou que os recursos para implantação e recuperação das estradas estruturantes em Tauá foram articuladas pelo deputado Domingos Neto, ainda em 2016, época em que ela era a prefeita.

“Isso está provado nos seis convênios, todos celebrados e devidamente assinados por mim ou pelo meu vice-prefeito, Júlio César Costa Rêgo, quando no exercício da Prefeitura Municipal, e pelo Superintendente do Departamento de Estradas e Rodovias (DER), José Sérgio Fontenele de Azevedo”, apresentou a parlamentar.

Ainda de acordo com a deputada, a liberação de recursos estaduais não é tarefa exclusiva de parlamentares do Estado. “Em atenção a pleitos diretos de deputados federais, senadores, prefeitos, vereadores, lideranças comunitárias, é comum o governador Camilo Santana atender a essas legítimas reivindicações, não sendo um privilégio ou prerrogativa que somente pode ser atendido se o pedido partir de deputados estaduais”, salientou.

Patrícia Aguiar manifestou estranheza com as críticas aos investimentos, considerando que tenham por objetivo meras intenções político-partidárias.

“Querem que este município seja penalizado exatamente pelo prestígio desfrutado em carrear recursos do Estado e da União para atender demandas seculares dos tauaenses”, lamentou a deputada. Ela questionou ainda “como alguém de boa-fé e espírito público poderia ficar contra a alocação de recursos para beneficiar seu município e como um cidadão pode protestar contra obras estruturantes que atenderão pleitos históricos de sua gente?”.

A parlamentar disse esperar que essas situações, que avaliou como “constrangedoras”, e que aquecem as políticas locais, não contaminem ou desvirtuem o elevado nível do debate que deve prevalecer na agenda parlamentar do Poder Legislativo.

“É lamentável se trazer para esta Casa debates dessa natureza, muitas vezes motivados pelas querelas políticas locais”, assinalou Patrícia Aguiar.

Em aparte, o deputado Carlos Felipe (PCdoB) registrou que sempre quando vai a Tauá só ouve elogios a respeito da colega. “São elogios que não surgem sem um trabalho profícuo, grande e de respeito pela forma como conduziu a política da cidade, que foi referência graças a políticas de gestão revolucionárias”, destacou.

Já a deputada Dra. Silvana (PR) ressaltou que considera o Poder Legislativo como uma Casa dos embates. “Somos deputados graças a essas bases, e acredito que aqui é sim um local para essas discussões”, comentou.

Últimas Notícias

Funasa lança Programa Saneamento...

O Governo Federal, por meio...


Câmara Municipal de Tauá realiza sua...

A Câmara Municipal de Tauá...


Prefeita Patrícia Aguiar garante...

O Governo do Ceará vai...


Agente de Saúde é a primeira icoense...

A prefeita de Icó, Laís...