Prefeito de Caucaia assina contrato de US$ 80 milhões com banco internacional

O prefeito Naumi Amorim assinou nesta quarta-feira (17/10) em Brasília contrato com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) para Caucaia receber US$ 80 milhões (cerca de R$ 320 milhões). O valor será investido no Programa de Infraestrutura Integrada, que visa a melhoria da mobilidade urbana, a requalificação de espaços públicos e o crescimento econômico do município.

“Essas obras são fundamentais para o desenvolvimento de Caucaia. Com elas, nós vamos solucionar problemas históricos da cidade. São projetos estruturantes que sem o apoio do CAF a Prefeitura ou não conseguiria fazer sozinha ou levaria muito tempo. E a necessidade do município, das pessoas, é imediata. Caucaia vai ser uma antes e uma depois desse recurso porque todos os bairros vão ser beneficiados”, diz Naumi Amorim.

Mais de 500 ruas receberão asfalto novo em decorrência da liberação desse recurso, que também será aplicado na construção de uma ponte e de um viaduto, na criação de dez ecopontos, na construção de cinco praças, na urbanização de quatro lagoas e na ampliação e readequação do sistema viário municipal por meio da construção e melhoria de aproximadamente 170 quilômetros de vias urbanas. Com isso, a Prefeitura interligará Sede, Jurema e Litoral.

Além disso, mais de 1.000 microempreendedores passarão por processos de capacitação. “Projetos como o de Caucaia, que mesclam obras públicas de infraestrutura, melhoria da mobilidade, capacitação, segurança e requalificação urbana promovem uma complementariedade de ações que já se comprovaram ser valiosos instrumentos de expansão econômica local, com aumento de empregos e
incremento da competitividade”, declara o diretor do CAF no Brasil, Jaime Holguín.

A expectativa é de que as obras financiadas pelo banco internacional, a primeira transação do tipo na história de Caucaia, gerem cerca de 5.000 empregos e resultem ainda na elaboração de um Plano de Mobilidade Urbana. Haverá ainda iniciativas de aspectos sociombientais, como estudos do índice de vulnerabilidade, pegadas hídrica e de carbono, de hidrodinâmica para as lagoas e planos de arborização e iluminação pública.

Caucaia aguarda agora mais uma visita de representantes do CAF. Isso deve acontecer na segunda quinzena de novembro.

Últimas Notícias

Divulgada premiação do Concurso de...

A Prefeitura de Sobral, por...


FORTALEZA: Praia de Iracema recebe...

A Prefeitura de Fortaleza,...


QUIXADÁ: Cultura urbana é destaque em...

Noite de quarta-feira, 14 de...