Individualismo de Eunício tem levado ao esvaziamento do MDB no Ceará

O MDB (antes PMDB) se orgulha em dizer que é um partido diferente dos demais. Mas ultimamente de uns tempos pra cá tem se revelado o contrário, onde o individualismo de seu presidente no estado do Ceará, o senador Eunício Oliveira, tem levado deputados federais e estaduais a deixar a sigla.

Os Deputados e líderes em suas bases Audic Mota, Dra. Silvana, Walter Cavalcante, Tomaz Holanda, Aníbal Gomes, Vítor Valim e Danilo Forte se desligaram do partido na atual legislatura, esvaziando o partido na esfera estadual e nacionalmente por eles representando o estado do Ceará no Congresso Nacional.

No MDB foi-se o tempo em que se discutiam os problemas e as possíveis soluções, para só depois debater quem levantaria a bandeira do partido em forma de candidatura, seja ela a Assembleia Legislativa ou Congresso Nacional.

Seu líder, e hoje praticamente único, opta agora por aliar-se para com aqueles que não tem respeitado sua posição política a nível nacional e não o reconhecendo como líder, onde vem trazendo ações positivas para com o estado, mas sim somado como mais um aliado do grupo liderado pelos Ferreira Gomes e seu pupilo, governador Camilo Santana.

Para muitos, simpatizantes e adversários do senador Eunício, dizem que esse momento pode significar, entre outros pontos, que o partido está cada vez mais esvaziado de parlamentares de conteúdo e de mandato.

Últimas Notícias

Começa a Festa de São Francisco de...

Com o tema “Senhor faz-me...


13 mil alunos da rede municipal de...

A Secretaria Municipal de...


MPCE expede recomendação sobre uso de...

O Ministério Público do...


Campanhas eleitorais crescem em todo o...

Considerada uma campanha...