TAUÁ: Servidores da Câmara Municipal ganham reajuste de 5% retroativo a 1º de janeiro

Os servidores da Câmara Municipal de Tauá ganharam um reajuste salarial de 5%, retroativo a primeiro de janeiro. O projeto de autoria da Mesa Diretora, foi aprovado por unanimidade na sessão da última segunda-feira, 16.

O Presidente da Casa, Luis Tomáz esclareceu que o menor valor a ser pago pelo Poder Legislativo é superior ao Salário Mínimo.

Valores

O salário de Secretário Executivo (nível superior) passou de R$ 1.624,28, para R$ 1.705,49.

Já os ocupantes do cargo de Agente Administrativo (nível médio), que ganhavam R$ 1.054,00, tiveram seus sálarios atualizados para R$ 1.107,04.

Os auxiliares de serviços, vigia e motorista (nível fundamental), passaram a receber R$ 997,92. Antes ganhavam R$ 950,40.

Todas essas categorias são formadas por servidores efetivos e concursados.

Professores graduados aguardam proposta da Prefeitura de Tauá sobre reajuste salarial

O Sindicato Apeoc de Tauá está cobrando da Secretaria de Educação, a apresentação da proposta de reajuste salarial dos professores graduados da rede municipal de ensino.

O assunto foi tratado na última reunião ocorrida em 15 de março, mas não houve avanço nas negociações porque a Prefeitura até agora não se manifestou, segundo informação dada pelo Sindicato ao Blog do Wilrismar.

O presidente da entidade em Tauá, professor Auci Oliveira, disse ter recebido informações que os profissionais (nível médio) que ganham com base no piso salarial, de R$ 2.455,35, já estão recebendo o reajuste, mas a maior parte dos professores de Tauá(acima de 80%) é formada por graduados, que continuam recebendo o mesmo salário do ano passado.

Na última reunião, a equipe da Secretaria de Educação ficou de realizar um estudo sobre o impacto financeiro na folha para poder apresentar a proposta de reajuste salarial, no entanto, até agora, a Apeoc não foi comunicada sobre a data da reunião e nem sobre a proposta do município.

A categoria reivindica pelo menos o percentual de reajuste concedido pelo MEC, que foi de 6,81%, retroativo a 1º de janeiro.

Fonte: Blog do Wilrismar 

Últimas Notícias

Onze municípios recebem recursos para...

A pedido do deputado federal...


MPCE inspeciona Conselho Tutelar de...

Com o intuito de averiguar...


IGUATU/ELEIÇÕES 2020: Pesquisa aponta...

O candidato a prefeito de...