Caucaia recebe o primeiro sistema de videomonitoramento da RMF

O Governo do Ceará realizou, nesta terça-feira (13), o lançamento do sistema de videomonitoramento integrado de segurança em Caucaia. O município foi o primeiro da Região Metropolitana de Fortaleza a receber o equipamento. No Estado, Aracati e Beberibe já dispõem da tecnologia. A solenidade contou com a presença do governador Camilo Santana, acompanhado do titular da Secretaria de Segurança e Defesa Social (SSPDS), André Costa, além de outras autoridades de segurança e lideranças políticas locais.

Caucaia está equipada, ao todo, com 19 câmeras de videomonitoramento: 18 estão posicionadas em pontos estratégicos da cidade, enquanto uma encontra-se na base policial. Funcionalmente, os equipamentos que estão nas ruas se dividem entre captação de imagens com giro de 360º (12 câmeras) e leitoras de placas de veículos (seis câmeras).

Camilo Santana destacou que o objetivo da medida é interligar informações sobre ocorrências e potencializar o enfrentamento à criminalidade nos municípios com população acima de 50 mil habitantes. Serão 38 cidades contempladas com o videomonitoramento.

O governador também detalhou que os municípios que contam com o sistema em atividade – Aracati e Beberibe, já nos primeiros meses apresentaram maior eficiência nos serviços realizados pela Segurança Pública diariamente.

Dentre os que acompanharam o evento estiveram o prefeito de Caucaia, Naumi Amorim, a deputada estadual Bethrose, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Ronaldo Viana, o chefe da Casa Militar, coronel Túlio Studart, além de vereadores de Caucaia e outros representantes das Forças de Segurança do Estado.

Sistema no Estado

A ação do Governo do Ceará prevê a instalação de cerca de 700 câmeras em todo Estado, distribuídas por 38 cidades com população acima de 50 mil habitantes do Ceará. O investimento total por ano na disposição das câmeras e operação do serviço é da ordem de R$ 20 milhões.

Os municípios contemplados são: Maracanaú, Maranguape, Eusébio, Acaraú, Crato, Caucaia, Aracati, Morada Nova, Quixadá, Itapajé, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Baturité, Russas, Iguatu, Juazeiro do Norte, Barbalha, Icó, Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Horizonte, Pacajus, Pacatuba, Itapipoca, Sobral, Camocim, Canindé, Granja, São Benedito, Viçosa do Ceará, Tianguá, Trairi, Crateús, Acopiara, Boa Viagem, São Gonçalo do Amarante e Tauá.

A divisão dos municípios ocorrerá em cinco grandes centros de captação de imagens – Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte, Tauá e Quixadá – que servirão como backups para as câmeras dos municípios de cada região, e também acionarão os efetivos para casos em que se necessite de reforço no atendimento de ocorrências. Fortaleza terá acesso a todas as câmeras do Estado.

fonte: Governo do Estado

Últimas Notícias

13 mil alunos da rede municipal de...

A Secretaria Municipal de...


MPCE expede recomendação sobre uso de...

O Ministério Público do...


Campanhas eleitorais crescem em todo o...

Considerada uma campanha...


Genecias e Aderlânia Noronha...

Na tarde de domingo (16),...