CAUCAIA: Casos de dengue caem 87%; chikungunya reduz 80%

O início de 2018 vem registrando uma redução considerável nos casos de dengue e chikungunya em Caucaia. Até a 11ª semana do ano, o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aponta queda de 87% e 80% nos registros das doenças, respectivamente, em relação ao mesmo período do ano passado.

Neste ano, a dengue teve apenas 21 casos confirmados (contra 172 em 2017). No tocante à chikungunya, foram somente 26 confirmações em 2018 até o momento (contra 211 do ano passado).

Segundo o coordenador de Vigilância em Saúde da SMS, Adriano de Souza, essa redução é reflexo da baixa circulação do vírus neste começo de ano. “Ainda assim, os cuidados não podem cessar. E o trabalho das equipes segue vigilante”, pontua.

Isso porque, de acordo com o primeiro Levantamento de Índice Rápido (Lira) de 2018, realizado entre 22 e 26 de janeiro, Caucaia sinaliza um cenário de médio risco de proliferação do mosquito responsável pelas arboviroses: 2.63%. Em janeiro de 2017, esse índice chegou a 3.93%.

O Comitê Integrado de Combate ao Aedes aegypti já prevê ações prioritárias, como mobilizações para educação em saúde nas áreas litorâneas, o monitoramento vetorial com uso de armadilhas na zona rural e a continuidade das instalações das brigadas.

No trabalho de prevenção, ações alternativas vêm ganhando destaque. Em parceria com a Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Púbicos e Transporte (SPSPTrans), o Núcleo de Controle de Endemias e Zoonoses está promovendo, desde o início de janeiro, a retirada de pneus descartados em logradouros públicos e em borracharias.

Considerados criadouros de alto risco de infestação, principalmente no período chuvoso, já foram recolhidos mais de 2 mil pneus em mais de 30 pontos de acúmulo.

Últimas Notícias

Infraestrutura continua recuperação...

A Secretaria Municipal de...


Vereador propõe redução do salário...

O Vereador Arnaldo Bezerra...


ICÓ: Laís Nunes consegue poços...

O Diretor-Geral do DNOCS,...