CAUCAIA: Alunos da rede municipal voltam às aulas

A manhã de segunda-feira (19/2) foi de volta às aulas para os estudantes da rede municipal de ensino de Caucaia. O ano letivo 2018 começou oficialmente com as secretárias municipais Erika Amorim (Governo e Articulação Política) e Lindomar Soares (Educação) dando as boas-vindas aos alunos da Escola de Ensino Infantil e Ensino Fundamental (EEIEF) Flávio Marcílio.

A unidade foi escolhida por ser uma das maiores do município, com cerca de mil alunos matriculados. “Sei que os professores têm uma missão difícil, mas espero que este seja um ano de muito avanço, aprendizado, cooperação e que os alunos possam evoluir bastante. Acredito na vitória dos nossos alunos”, enfatizou Erika Amorim.

Também primeira-dama de Caucaia, ela anunciou a reforma da quadra poliesportiva da Escola. As obras devem iniciar ainda neste semestre. A praça do Vicente Arruda, em frente à unidade, também deverá receber melhorias. “Estamos estudando para em breve executar as obras”, adiantou ela.

Para Lindomar Soares, o início do ano letivo já começou com muitos avanços. “A Escola Flávio Marcílio não passava por uma reforma há 13 anos. O compromisso e o trabalho é grande, assim como nosso desafio, mas estamos organizando para reestruturar a educação sem esquecer a essência da escola que é o ensino”, ressalta.

Paulo André, diretor da EEIEF Flávio Marcílio, relembrou os momentos difíceis que a escola passou antes da reforma. “Os equipamentos da unidade estavam muito sucateados. Era problema de retelhamento, energia, e vários outros sinistros. Com a chegada da reforma, a nossa escola é outra. É um privilégio estar do lado de professores capacitados nesta nova estrutura”, declarou.

Segundo a professora Claudiana Viana Torres, mestre há sete anos da escola Flávio Marcílio, o semestre inicia cheio de boas expectativas por conta da reforma e da vontade de aprender dos alunos. “Antes chovia dentro da sala de aula e atrapalhava o andamento e o aproveitamento das aulas. Hoje já deu para sentir que os alunos têm muita afetividade a escola e aos professores. Acredito que este ano será melhor que todos os outros”, relata.

Maria Beatriz, aluna do nono ano A e moradora do bairro Vicente Arruda, espera que neste ano tire boas notas para entrar numa escola profissionalizante ou no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). “Para que eu tenha um futuro melhor meu sonho é que a escola me possibilite a se preparar para que passe em outro curso”, explica.

Já Tamires Vitória, aluna do nono ano A, moradora do Itambé II, aguarda um ensino melhor e uma preparação mais apropriada. “Que este ano seja de muito estudo e dedicação para que alcance meu objetivo que é entrar numa escola profissionalizante”, relata.

Últimas Notícias

Luizinho de Irauçuba comanda a festa...

A tradição se renova e a...


Vereador é vítima de fakenews após...

Nos últimos dias a cidade de...