Aderlânia apresenta projeto de prevenção ao suicídio

A deputada estadual Aderlânia Noronha (SD) apresentou projeto de lei que dispõe sobre a criação do Plano Estadual de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio, com o objetivo de criar e manter, continuamente, um sistema telefônico gratuito para atendimento, 24 horas por dia, às pessoas em quadro depressivo, prevenindo e minimizando a evolução ao suicídio.

O projeto leva em conta o relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde, a OMS, que chama a atenção do governo para o suicídio, considerado “um grande problema de saúde pública”, que não é tratado e prevenido de maneira eficaz. Segundo o estudo, 804 mil pessoas cometem suicídio todos os anos – taxa de 11,4 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes.

“É lamentável o crescimento de suicídios em todo o Brasil. Infelizmente, a causa mais comum é um transtorno mental ou psicológico que pode incluir depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, alcoolismo e abuso de drogas. Além disso, não podemos esquecer as dificuldades financeiras ou emocionais que também desempenham um fator significativo para evolução do quadro que pode vir a culminar com a pessoa retirar a própria vida” – alerta a parlamentar.

Em apoio ao Plano Estadual de Valorização da Vida e Prevenção ao Suicídio, os órgãos envolvidos utilizarão a campanha nacional “Setembro Amarelo”, com o objetivo de potencializar as ações continuamente desenvolvidas pelo poder executivo em defesa da vida, com a intensa divulgação das diretrizes do plano, a fim de ampliar o seu alcance e sensibilizar a população quanto à valorização da vida e combate ao suicídio.

Reflexão e ação

“A semana servirá como um espaço de reflexão, avaliação, encaminhamento e discussão com a sociedade, a partir de ações específicas promovidas pela Assembleia Legislativa, em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, Secretaria Estadual de Educação e Secretaria Estadual de Esportes, como também por meio de parcerias com organizações não governamentais, associações médicas, movimentos sociais, religiosos e populares, que desenvolvam atividades de prevenção ao suicídio e de valorização da vida” – explica Aderlânia Noronha.

No mês de setembro, as palestras e seminários deverão priorizar os estabelecimentos de ensino médio e fundamental, em ação conjunta das secretarias de Educação e Saúde e das prefeituras municipais. No encerramento da campanha, no último domingo de setembro, será realizada a Caminhada Anual pela Vida, em todos os municípios cearenses.

Últimas Notícias

Formação de mais 1.350 policiais...

Novos 1.350 soldados da...


Deputado Genecias Noronha cobra mais...

O Deputado Genecias Noronha...


Deputada Aderlânia Noronha apresenta...

Tramita na Assembleia Projeto...


“Vamos colocar Caucaia em outro...

A tarde desta quarta-feira...