Secretaria de Educação de Caucaia inicia negociações com Sindicato

O Sindsep reuniu-se novamente com a Secretária de Educação de Caucaia, Lindomar da Silva Soares, para finalmente entrar na discussão da Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial 2017 dos Servidores Municipais. O encontro aconteceu na quarta-feira, 18 de janeiro.

Sobre as demandas do Núcleo Gestor das escolas, a secretária informou que está assegurado que todos os gestores aprovados na seleção vão receber seu pagamento normal e que o município vai divulgar um ato administrativo e jurídico confirmando isso.

Ela disse ainda que todos os coordenadores e diretores que passaram na selecção irão permanecer nos locais que estão lotados.
Já sobre as Progressões, Promoções, Estabilidade e Titulações dos servidores da educação, Lindomar da Silva afirmou que é desejo dela, “enquanto representante da SME”, que seja cumprida a Lei.

Quanto ao Concurso Público de 2016, a gestora voltou a dizer que provocou a Procuradoria para ver toda organização jurídica da demanda, como vem fazendo todos os secretários. A Secretaria também está fazendo o levantamento de toda a carência definitiva. O Sindsep, por sua vez, pediu que a gestão definisse claramente um prazo para a solução desta questão, haja vista que o encaminhamento é o mesmo.

Assim como a Secretaria de Finanças, com a qual o sindicato reuniu ontem (17), a Educação informou que está em estudo a definição de um calendário fixo de pagamento para os servidores e quando houver as propostas de período de pagamento estas serão apresentadas ao sindicato para avaliação geral da categoria.

Lindomar informou que o município fará uma seleção pública unificada para convocação de contratados em todas as áreas e que esta chamada estará saindo ainda essa semana. O Sindsep interferiu e afirmou que é necessário que antes disso esteja clara a lotação de todos os profissionais aprovados no concurso, que atuarão como servidores de carreira. “Os concursados devem ser prioridade. Ficaremos cobrando”, defendeu, no momento, a presidente da organização laboral, Maria Santos.

Por fim, a diretoria do sindicato está cobrando que a Prefeitura já apresente a proposta de quando pagará o reajuste do magistério e dos demais servidores. Um novo encontro dará continuidade aos debates da ainda extensa lista de necessidades dos trabalhadores.

Fonte: http://www.sindsep.com.br/

Últimas Notícias

MPCE recomenda que Prefeitura de...

O Ministério Público do...


Campus de Cratéus debate revisão do...

Assembleias ocorrem nos dias...