“Uma polêmica injusta e desesperada”, diz o secretário de saúde de Tauá sobre a demissão de médicos

O novo titular da Secretaria de Saúde de Tauá, Dr. Joel Campos, reforça o compromisso de contribuir com o fortalecimento da saúde pública no município. “O prefeito que é médico, tem me dado carta branca para fazer as alterações necessárias ao bom atendimento da saúde em nosso município. Nossa meta principal é melhorar a eficiência dos serviços. Para isso, precisamos adequar os instrumentos de gestão que respondam à altura e, assim, caracterizar melhor eficiência”, explicou.

Sobre a polêmica envolvendo a demissão de médicos no início da semana, principalmente no caso do Dr. Diego, ele falou que foi uma situação injusta e desesperada da forma que foi explanada pelo ex-servidor da saúde.

“Dr. Diego saiu meio que chateado, revoltado com a mudança de gestão, também não aceitando a consonância com a nova gestão, não concordando com a nova forma de trabalho da secretaria, e acabou que o Dr. Diego foi então substituído. Para o lugar dele contratamos um filho da terra, Dr. Márcio Feitosa, que já hoje (terça-feira, 03) atende no posto de saúde de Trici”, falou o secretário sobre a polêmica com Dr. Diego, um dos médicos que foi demitido no início da semana.

Disse que não há nenhuma perseguição aos médicos ou demais profissionais, até mesmo por conta de que outros servidores da gestão passada estão em continuidade com seus afazeres, se adaptando a realidade da nova gestão e devem continuar na nova equipe.

Sobre projetos que devem ser implantados na saúde, ele enfatizou que deve criar o “médico supervisor”, que deve buscar agilizar a carência de serviços nos postos de saúde do município. “Esse médico vai ser o responsável para fazer a carga horária das equipes das UBS, viabilizando sempre o melhor atendimento para com os mais pobres, que são aqueles que mais sofrem com a carência de profissionais qualificados nos postos de saúde”, destacou o secretário que concedeu a entrevista em uma rádio local do município de Tauá.

Últimas Notícias