CCJ da Câmara aprova admissibilidade da PEC que classifica vaquejada como patrimônio cultural

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou nesta terça-feira (6) a admissibilidade da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 270/16 que classifica os rodeios, as vaquejadas e suas expressões artístico-cultutais como patrimônio cultural imaterial brasileiro. Dessa forma, ficaria assegurada sua prática como modalidade esportiva.

O deputado federal Domingos Neto (PSD), um dos principais defensores da vaquejada, explica que a PEC será encaminhada para análise de uma comissão especial para depois seguir para o plenario onde será votada em dois turnos.

“A aprovação na CCJ foi mais um passo para a regulamentação da vaquejada. Enfrentamos preconceitos e desconhecimento, mas estou confiante em sua aprovação”, destacou o deputado federal.

Últimas Notícias

MPCE recomenda que Prefeitura de...

O Ministério Público do...


Campus de Cratéus debate revisão do...

Assembleias ocorrem nos dias...