TVs por assinatura: TAC para melhoria nos serviços poderá ser assinado quarta-feira (10)

A Comissão de Defesa do Consumidor (CDC) da Assembleia Legislativa e o Decon-CE reúnem as empresas operadoras de TV por assinaturas no Ceará para assinar o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para melhoria nos serviços prestados. A reunião será às 14h30min da quarta-feira (10), no Complexo das Comissões da Assembleia Legislativa.
A proposta que consta no TAC estabelece que as empresas se comprometerão a apresentar a quantidade de atendimentos realizados através de seu Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC), bem como o atual índice de resolutividade de referido serviço; um  plano de investimento a ser empregado no SAC, indicando quais os incrementos e esforços realizados na tentativa de evitar a necessidade de instauração de reclamações nos órgãos de defesa do consumidor, durante o período de 01/07/2015 a 30/10/2015. Para tanto, deverão ser fixados índices de resolutividade de 50% no SAC e 30% nas demandas instauradas perante os órgãos de defesa do consumidor, para o período citado, visando à resolução de demandas.
A proposta prevê ainda a disponibilização de espaço físico para atendimento aos consumidores que não possuam acesso à internet, com atendimento na loja, tanto em Fortaleza e Região Metropolitana, como o interior do Estado, conforme a resolução 632/2014, da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). No Ceará, existem cerca de 500 mil assinantes de operadoras de TV e nos primeiros meses deste ano, o volume de reclamações em relação à prestação do serviço aumentou consideravelmente nos órgãos de defesa do consumidor. 
O deputado Odilon Aguiar (Pros), presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, disse que, a partir da assinatura do TAC, será cobrada mais eficiência nos serviços oferecidos pelas empresas de TV por assinatura e também na aplicação de sanções com pedido de multas às empresas que prestam esse tipo de serviço.
“O TAC também servirá como um novo instrumento de fiscalização, tanto para o Decon e Procons como para a Anatel, para que esses órgãos possam atuar com mais vigor nas empresas que prestam esse tipo de serviço, defendendo os interesses do consumidor”, afirmou.

Últimas Notícias

Educação em Tauá emite comunicado...

Em comunicado emitido ontem,...


Após 40 dias internado, 27 deles na...

Na luta contra a Covid-19,...


Hospital de Campanha vai começar a ser...

Na manhã de hoje, 26, o...