Audic Mota encara a falta de material básico no HGF como atestado de óbito da saúde pública do estado

O Deputado Audic Mota (PMDB) usou a tribuna para chamar atenção para o recorrente problema na saúde pública do estado: a ausência de material e a má de administração dos recursos.

O parlamentar comentou sobre a nota enviada pelos membros da diretoria do Hospital Geral de Fortaleza (HGF) onde relatam a paralização por tempo indeterminado das cirurgias eletivas, emergências geral, obstétrica e UTI neonatal por conta da super lotação e falta de abastecimento de insumos básicos (uvas, atadura, sabão, soro, etc) para assistência aos pacientes.

Para o líder do PMBD a falta de material de atendimento primário e essencial representa a completa ausência de funcionamento da máquina pública. “Quando você não abastece um hospital de insumos básicos quer dizer que ele não pode abrir e fechar e mostra uma completa irresponsabilidade com a saúde do Estado.” Ressaltou.

Em aparte do deputado Danniel Oliveira (PMDB) afirmou que a saúde do Estado está vivendo um caos. “Os corredores dos hospitais informam a situação da saúde atualmente e não adianta dizer que vai construir hospitais e continuar a fantasiar.” Alertou o correligionário. O deputado alertou também para o Hospital Regional do Cariri que, para ele, será o próximo a relatar problemas de super lotação e atendimento nos corredores.

O descaso e a dificuldade vivida pelos profissionais da saúde significa, para o deputado, que não há quem tome providências. A direção informa ainda que o material existente no hospital não atende quem está internado atualmente e não tem estrutura para receber mais pacientes.

A situação viola um direito básico da população: acesso a saúde. Para Audic é inadmissível e chega a ser triste que um hospital pare por motivos tão pequenos. “É triste, para não dizer irresponsável e irônico. Parece brincadeira parar o atendimento cirúrgico por causa da falta de abastecimento, é fazer tabula rasa da saúde do estado em um momento que se prega grandes avanços na saúde.”

Últimas Notícias

Educação em Tauá emite comunicado...

Em comunicado emitido ontem,...


Após 40 dias internado, 27 deles na...

Na luta contra a Covid-19,...


Hospital de Campanha vai começar a ser...

Na manhã de hoje, 26, o...