Ceará e Fortaleza decidem o título do cearense de 2015

Fortaleza e Ceará começam a decidir o Estadual hoje no Castelão com preparações distintas

O momento esperado por leoninos e alvinegros finalmente chegou: a decisão do Campeonato Cearense. Leão e Vovô iniciam hoje, às 16 horas, com a primeira de duas partidas no Castelão, a disputa pelo título tão cobiçado por motivos distintos.

Enquanto o Alvinegro quer conquistar seu segundo pentacampeonato estadual, o Tricolor luta para evitar a sequência do rival e claro, retomar a hegemonia do Estado, fatores que acirram ainda mais a rivalidade entre os dois.

Embora o clima seja de decisão, como não poderia deixar de ser, o ambiente que circunda Pici e Porangabuçu é diferente para a primeira partida.

Enquanto o Leão vem se preparando para o confronto desde o dia 17 de abril, quando eliminou o River/PI pela Copa do Brasil, o Ceará divide suas atenções com a decisão da Copa do Nordeste.

O Alvinegro atuou na última quarta-feira, quando bateu o Bahia em Salvador por 1 a 0 e ainda terá o 2ª jogo da decisão regional no meio de semana, ante do segundo Clássico-Rei, marcado para o dia 3 de maio.

Com preparações tão distintas, perguntas são inevitáveis. No Leão, pesará mais a preparação exclusiva para as finais – com seu elenco mais descansado – ou o time sentirá a falta de ritmo de jogo?

Já no Ceará, seus jogadores podem sentir hoje a maior sequência de jogos ou entrará em campo no embalo de duas decisões?

Para os alvinegros, o segunda opção é a mais provável, como analisa o vice-presidente Robinson de Castro. “O Fortaleza está mais descansado, treinando para nos enfrentar, pode ter em tese uma vantagem por isso, mas por estarmos em duas finais, o time do Ceará está, como se diz na gíria, pilhado, energizado, em ritmo de decisão. Vamos ver o que prevalece”, disse ele. Já o técnico leonino, Marcelo Chamusca, não viu com bons olhos o período de dez dias de inatividade de seu time.

“Parar por mais de uma semana, eu nunca vejo como benefício, pois perdemos ritmo de jogo. Uma semana é suficiente para você recuperar, treinar e jogar. A gente tem que respeitar a situação do calendário, recuperar os jogadores na condição que tem e depois fazer uma semana boa de treino para partir bem para os dois jogos”, disse o técnico.

EQUILÍBRIO
Teorias à parte, uma vitória hoje para qualquer um deles, seria um passo para o título.

Para o Ceará, seria alargar a vantagem que já tem, por jogar por dois resultados iguais, devido ter melhor campanha geral. Para o Leão, é trazer a vantagem para si, e jogar por um empate no jogo de volta.

Para Marcelo Chamusca, mais do que uma vantagem, o objetivo é manter o equilíbrio nos dois jogos.

“A gente tem que montar uma estratégia que seja efetiva nos 180 minutos. Não adianta fazer um grande primeiro jogo e não ter equilíbrio e performance no segundo. Pelo regulamento, você precisa ter regularidade e, principalmente, eficiência nos 180 minutos. Sabendo do grau de dificuldade pela qualidade e organização do nosso adversário, mas apostando em fazer um grande jogo”, disse ele.

Já o técnico do Vovô, Silas, confia no equilíbrio que seu time vem mostrando nos últimos jogos. “Nossa equipe vem numa crescente de resultados e mais do que isso, de atuação. Temos um sistema de jogo definido e os jogadores estão assimilando isso. O importante nesta decisão é jogar as duas partidas com equilíbrio e inteligência”.

DESFALQUES
Enquanto o Leão não terá dois titulares importantes, o Vovô não terá três peças para o decorrer do jogo.

No Fortaleza, o zagueiro Lima e o volante Vinícius Hess, estão suspensos, entrando Genilson e Auremir em seus respectivos lugares, enquanto no Vovô, o meia Wescley, suspenso, além do zagueiro Sandro e o atacante William, lesionados, desfalcam a equipe.

Como se tratam de opções para o decorrer do jogo, o técnico Silas Pereira tem tudo para manter a equipe que venceu o Bahia na quarta-feira, mantendo Marinho no time titular.

Contrastando com os jogadores suspensos que perdeu, Marcelo Chamusca poderá utilizar dois atletas importantes no time titular, que se recuperaram de lesão recentemente: o volante Correa e o meia-atacante Daniel Sobralense.

Últimas Notícias

Domingos Filho reúne base política em...

Saindo um pouco do que de...


Eleitos os melhores prefeitos do Ceará...

Escolhidos há pouco, em...


Governo do Estado anula Eleição da...

A eleição para escolha da...


SINDGUARDAS e Guarda Municipal de Boa...

Ontem segunda-feira, 11, o...