Audiência Pública debate Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2016

Em consonância com o que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF (101/2000), aprovada em 2000, pelo Congresso Nacional, que introduziu  novas responsabilidades para o administrador público com relação aos orçamentos da União, dos Estados e Municípios instituindo mecanismos de transparências fiscal e controle social dos gastos públicos, a Prefeitura de Mombaça realizou, dia 10 de abril, no Plenário José Joaquim de Sá e Benevides, da Câmara Municipal, Audiência Pública para discussão do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias do Exercício de 2016, cuja receita total está estimada em 78 milhões de reais.

A LRF em seu art. 48 prevê que a transparência será assegurada também mediante incentivo à participação  popular e realização de audiências públicas, durante os processos de elaboração e discussão dos planos, lei de diretrizes orçamentárias e orçamento.

A audiência foi aberta pela presidente da Câmara Municipal, vereadora  Elidiana Carvalho, que ao saudar os presentes passou a condução dos trabalhos para o secretário de Finanças, Fernando Antonio Lima Cruz. Em sua participação Fernando Cruz prestou esclarecimentos sobre o papel da sociedade na elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do município e a importância do ato de participar na elaboração da mesma, constituindo-se em uma ação de cidadania. Salientou que a população, sempre que convocada, deve participar das audiências públicas como forma de fazer valer os seus direitos constitucionais e dar voz aos anseios e às demandas das comunidades onde residem, além da importância dos vereadores, legítimos representantes do povo, terem pleno conhecimento do orçamento do município para obterem embasamento em seus questionamentos e propriedade em seus requerimentos que atenderão às demandas daqueles por eles representados.

Ao final da apresentação foi aberto espaço para que os presentes apresentassem propostas, reivindicações e dirimissem suas dúvidas com relação à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). O secretário de Finanças Fernando Antonio Lima Cruz solicitou que todos preenchessem o questionário distribuído com a definição de suas prioridades, em ordem de importância, em cinco eixos ou atividades: educação, saúde, desenvolvimento ambiental, assistência social e infraestrutura.

A audiência contou com a participação de secretários municipais, vereadores, comerciantes, representantes de associações comunitárias, entidades civis e o público em geral.
Colaboração: Carlos Audi/Fernando Cruz

Últimas Notícias

CAUCAIA/ELEIÇÕES 2020: Naumi leva...

À frente da coligação...


Pesquisa aponta que 61,4% da...

Com quase um mês que se...


Novo decreto proíbe eventos em locais...

O Decreto Estadual que entra...


MP Eleitoral requer regulação de...

Nesta sexta-feira (23), o...