UVC descumpre ordem judicial e Justiça fixa multa diária de R$ 5.000,00

Dessa vez foi determinado o fornecimento das Câmaras aptas a participar do pleito.

Foi determinado ainda a publicação de novo edital corrigindo todas as falhas anteriores, inclusive quanto ao impedimento de votação somente pelas Câmaras que estejam com 3 meses consecutivos de atraso.

Será reiniciado o prazo para registro de chapas e a eleição devera ocorrer em no mínimo 30 dias.

veja mais:

Rh
Vistos em despacho

Trata-se de Ação Ordinária em que AUDIÇ CAVALCANTE MOTA
DIAS promove contra a UNIÃO DOS VEREADORES E CÂMARAS DO CEARÁ -UVC,
onde pugnou, em sede de Tutela Antecipada, lhe fosse assegurado o registro da Chapa
para as eleições e a continuidade do processo eleitoral, observando-se as regras contidas no
Estatuto da entidade e não na forma prevista no Edital de Convocação, tendo como única
restrição temporal de filiação relativa ao cargo de Presidente, e como restrição para se
candidatar a qualquer cargo os que estiverem por 03 (três) meses consecutivos sem pagar suas
contribuições, ou, alternativamente, que seja determinada a suspensão da realização das
eleições convocadas pelo aludito Edital; que a promovida UVC apresente a lista de todas as
Câmaras e Vereadores filiados que estão aptos a votarem nas Eleições para o biênio de

2013/2015, sob pena de multa diária.

Tal pleito restou pos este juízo apreciado e deferido, parcialmente ( fls. 64).

Atravessa a parte autoral às fls. 67/71, noticiando o descumprimento da tutela
suso referida por parte da promovida oportunidade em que ratifica o seu pleito inicial, pelo
deferimento da liminar, na sua inteireza, já que o foi de forma parcial . Na mesma
oportunidade, requer, ainda: a) intimação da requerida para que cumpra o determinado na
liminar de fls. 64, promovendo nova retificação do Edital de Convocação, desta vez
atendendo ao inteiro teor da Impugnação protocolada administrativamente; designe nova data
para o registro das chapas, com o interstício minimo de 20(vinte) dias antes do pleito ( art. 53
do Estatuto); faça constar no mencionado Edital, que”somente perderão o direito de votar e
sem votados os candidatos que deixaram de pagar suas contribuições por 3 (três) meses
consecutivos” e, ainda, que a UVC apresente a lista de todas as Câmaras de Vereadores
filiados que estão aptos a votarem nas eleições pára o biênio de 2013/2015, bem como que
forneça cópia dos convênios firmados entre a parte ré e as Câmaras Municipais no ano de
2013.

É o breve relato.

Por todo o exposto, e vislumbrando este juízo se acharem presentes os
requisitos autorizadores autoral inserto na exordial e ratificado às fls. 67/71, daí porque defiro-
o, devendo a parte promovida ser intimada para que cumpra com o determinado na liminar de fls. 64, bem como que promova nova retificação do Edital de Convocação, desta vez
atendendo ao inteiro teor da Impugnação protocolada administrativamente; designe nova data
para o registro das chapas, com o interstício minimo de 20(vinte) dias antes do pleito ( art. 53
do Estatuto); faça constar no mencionado Edital, que”somente perderão o direito de votar e
sem votados os candidatos que deixaram de pagar suas contribuições por 3 (três) meses
consecutivos” e, ainda, que a UVC apresente a lista de todas as Câmaras de Vereadores
filiados que estão aptos a votarem nas eleições pára o biênio de 2013/2015, bem como que
forneça cópia dos convênios firmados entre a parte ré e as Câmaras Municipais no ano de
2013, sob pena de incorrer em crime de desobediência e ao pagamento de multa diária que
fixo em R$ 5.000,00 ( cinco mil reais).

Exp. Nec
Fortaleza, 06 de março de 2013.

Adayde Monteiro Pimentel
Juíza de Direito 

Últimas Notícias

Domingos Filho reúne base política em...

Saindo um pouco do que de...


Eleitos os melhores prefeitos do Ceará...

Escolhidos há pouco, em...


Governo do Estado anula Eleição da...

A eleição para escolha da...


SINDGUARDAS e Guarda Municipal de Boa...

Ontem segunda-feira, 11, o...