Programa oferece 5 mil bolsas de ensino superior para o Ceará

Em todo o estado há mais de 5 mil vagas.
Porcentagem das bolsas é de 50% para cursos presenciais.

O Programa Educa mais Brasil oferece mais de 5 mil bolsas de estudo para ensino superior no Ceará. Estudantes que não conseguiram iniciar um curso superior ainda podem concorrer a uma das bolsas de estudo parciais. Em Fortaleza, há vagas para graduação e pós-graduação, presencial e EAD, sendo que a porcentagem das bolsas de estudo é de 50% para cursos presenciais e de 30% a 45% para cursos à distância.
A inscrição para concorrer a uma delas deve ser realizada no site do programa, para ingresso ainda em 2013.1, e ficam abertas durante todo o ano e o prazo de término depende da universidade que o aluno escolheu para estudar. As informações fornecidas pelos candidatos no cadastro serão enviadas para a comissão avaliadora. Os aprovados serão contatados e instruídos sobre o benefício e a formalização do mesmo. O Educa Brasil de concessão de bolsas de estudo.  Os recursos vêm de universidades parceiras e o Educa Brasil trabalha como uma ponte entre a faculdade de aluno.
Requisitos e aprovação
Para as bolsas de estudo de graduação, o processo de seleção do Educa mais Brasil possui duas etapas: uma eliminatória e outra classificatória, respectivamente. Na primeira etapa serão desclassificados todos os candidatos que estão cursando ou cursaram faculdade há menos de seis meses e aqueles que, conforme condição socioeconômica, teriam condições de pagar 100% da mensalidade.

Já na etapa classificatória, os alunos que fizeram Enem terão uma melhor colocação e assim mais condições de serem contemplados com a bolsa. É importante ressaltar que para os cursos de pós-graduação é necessário apenas que o candidato não tenha condições financeiras de arcar com a mensalidade integral.
Serviço
Central de atendimento: 0800 724 7202 ou 0800 724 7775.

Últimas Notícias

Projetos de Érika Amorim sobre...

Começaram a tramitar, nesta...


Em visita à nova ala do Leonardo Da...

O governador do Ceará,...


ICÓ: Profissionais da Saúde vão...

O tomógrafo computadorizado...