As falsas promessas para 2012

O ano eleitoral está chegando e, com ele, chegam as atitudes e promessas populistas dos políticos que estão no poder. Também uma grande parte dos que querem tomar o poder começam a fazer propostas absurdas, que sabem que jamais cumprirão.
Os gestores que estão no poder há três anos, em sua maioria, deixam para mostrar suas obras agora nessa reta final. É comum em nossa região nos depararmos com gestões que nada fizeram pela cidade nesses três anos.
Deixaram sua terra totalmente abandonada, sem trazer recursos e benefícios para os cidadãos. Deixam seus adolescentes e jovens sem qualquer perspectiva de futuro, sem capacitação e sem emprego. Nem mesmo para o esporte e lazer existiu preocupação nesses anos que passaram. Houve apenas uma acomodação de seus eleitores em empregos e serviços públicos.
Em Boa Viagem mesmo os jovens sofrem com a falta de opções de lazer e cultura. A administração sequer ajudava nas despesas para seus representantes jogarem em outros municípios. Muitas comunidades não dispõem de equipamento esportivo minimamente adequado.
No quesito da cultura, ressalte-se, que nos últimos tempos começam a se proliferar eventos caríssimos que, apesar da importância para a cidade e para os cidadãos, acabam por se transformar em palanques eleitorais. Os políticos usam as festas para angariar apoios junto a diversas comunidades. Em evento recente, os gestores aproveitaram uma linda e organizada festa para fazer política e cooptar determinados líderes evangélicos. Felizmente nem todos se abraçam ao poder por causa da festa realizada.
O incentivo aos shows evangélicos é salutar e deve ser feito não como um favor àqueles religiosos, mas sim como um benefício contínuo e independente de ramos políticos.
Nas eleições passadas muitas foram as promessas de redução de impostos, inclusive com relação à taxa de iluminação pública. Mas tudo não passou de falácia. Lembre-se que houve até quem prometesse que ia fazer com que os motoqueiros pudessem dirigir sem capacetes, o que é um absurdo que dispensa maiores comentários.
A população tem que ficar atenta para não ser novamente enganada. Deve-se analisar os candidatos e seus projetos para a cidade, e não apenas os projetos pessoais de cada pretendente ao cargo eletivo. Muitas vezes quem ganha tem apenas um projeto para acomodar seus seguidores e não pensam na coletividade.
Deodato Neto

Últimas Notícias

Governo do Ceará envia à Assembleia...

Uma das ações de grande...


Iniciada fase de coleta de dados e...

As equipes de fiscalização...


MOMBAÇA: Escola Divino Salvador...

Na noite de terça-feira...


Governo do Ceará lança o Projeto São...

O governador Camilo Santana,...